A guerra às drogas é uma guerra perdida?

+7 votos
20 visitas
perguntou 4 Dez, 2017 em Política, Leis e Sociedade por Peregrino (9,409 pontos)

4 Respostas

+1 voto
respondida 4 Dez, 2017 por Mauro (10,998 pontos)
selecionada 21 Dez, 2017 por Peregrino
 
Melhor resposta
É uma guerra intensa, densa, que não pode ser desistida, mas está sendo feito de modo errado. Claro que o Estado não pode se render as drogas. Já não basta o Brasil ser um dos recordistas em cocaína e Crack, com novas drogas surgindo, e ainda querem que o Estado desista de guerrear? Não! Erradicar é quase impossível, mas diminuir é bem possível, mas precisa de um Estado inteligente e rígido, ao mesmo tempo.


1- Primeiramente, há oferta, porquê há demanda, não é?! Para isso, primeiro é preciso saber o que fazer com os consumidores. Creio que, prender aqueles que estão portando drogas, e que não são, necessariamente, viciados. Com estes, lhe faz um julgamento e uma condenação: Será obrigado a comparecer, durante tanto tempo, em consultórios terapeutas, e em palestras, para poder ser conscientizado dos efeitos das drogas, não apenas para si mesmo, mas o efeito que seu consumo faz nessa guerra louca chamada de "guerra às drogas".

2- Aqueles que já são viciados, incapacidades de suas faculdades mentais, deve ser preso em um centro de reabilitação. Não tem condição de responder por seus atos, então não pode escolher se vai ou não para esse centro clínico, simplesmente vai. Pois depois que matar ou roubar para consumir, dirão que não pode responder, então ok, não pode responder, que vá ao centro clínico de forma obrigatória. Algo que acontecia nos States com os viciados.

3- Legalize a maconha, claro que com regras, mas legalize.

4- Prenda os traficantes, tanto os pobres, quanto os ricos. Com prisões inteligentes, espalhando-os entre os presídios. Claro que prender todos num mesmo presídio só estará dando tempo para organizar-se e planejar novos golpes, novos tráficos, novas estratégias. Acabe com as visitas íntimas há quem é traficante, isso é só um meio para que o detento fique conectado ao mundo lá fora. Penas rígidas, sem sair mais cedo pra casa, sem penas. E se for um traficante muito perigoso, como Marcola, manter vivo pra quê né? Pena de morte.


Ou seja, hoje, sim, hoje com esse Brasil, a guerra as drogas está perdida.
comentou 4 Dez, 2017 por Peregrino (9,409 pontos)
Você me deu uma idéia de pergunta.
comentou 4 Dez, 2017 por Mauro (10,998 pontos)
Que bom!
+1 voto
respondida 4 Dez, 2017 por Off por um tempo (37,516 pontos)
De certo modo é sim, pq as pessoas q usam ou pretendem usar é q deveriam se conscientizar de q isso n presta.
+1 voto
respondida 4 Dez, 2017 por # (25,983 pontos)
Enquanto vier " de cima". sim ! O mal tem q ser cortado pela raiz, pelos tubarões .

Mesmo nosso sistema carcerário é uma prisão ás drogas e tráfico. O bandido na cadeia depende dos traficantes para serem protegidos, e quando saem estão devendo favores  voltando ao crime,  é um círculo vicioso.

Penalizar usuários não extingue o tráfico.
+1 voto
respondida 5 Dez, 2017 por ĤįÞÓƬĤƐƧƐ ṼįŕƭưąŁ (4,451 pontos)
Meu querido, estamos perdendo nossos jovens para as drogas. Isto é muito triste. Vejo crianças drogadas e isto dói-me o coração.

Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!

...