Acha que se matar, é um direito que lhe assiste?

+10 votos
77 visitas
perguntou 31 Ago, 2017 em Curiosidade por Amaya. (30,415 pontos)

13 Respostas

+4 votos
respondida 31 Ago, 2017 por Mauro (9,408 pontos)
selecionada 11 Set, 2017 por Amaya.
 
Melhor resposta
Eu sou cristão, e nós cristãos acreditamos que o único pecado sem perdão é o suicídio. E essa é uma das minhas críticas, ou melhor, das coisas que não entendo: pq tirar minha própria vida, e não a vida dos outros, faria com que eu ficasse no mesmo setor que assassinos, estupradores, corruptos, sendo que não prejudiquei ninguém?

Mas como cristão, até que entendo: Se me suicidei, significa que não confiei nas promessas de Jesus, e não acreditei nele, nem confessei que Ele é o meu Salvador. Pois se eu confiasse nele, e se eu acreditasse que Tudo Posso Naquele que me Fortalece, então eu não teria me suicidado mesmo tudo estando difícil.

Agora respondendo a pergunta: Como pessoa, como matéria, acredito sim que o suicídio é um direito que nos pertence. Mas é certo? Não, que pessoa em sua sanidade mental vai tirar a própria vida?

Tive um colega que se matou essa semana, e fiquei triste. Nem era um grande amigo, mas penso que se um dia, por exemplo, você se matar, eu me culparei diretamente por conta disso: oras, se você se matou, foi porquÊ ninguém, incluindo eu, lhe deu motivos para continuar viva...
comentou 1 Set, 2017 por Advogado do Diabo (877 pontos)
Mesmo o de Sansão? Q muitos dizem q foi sacrificio, mas se matou e nao foi morto por outros.

A biblia dos cristãos diz q pecados imperdoaveis são:

- Blasfemia contra o Espirito Santo ----> Mateus 12:32

Todo o que tiver falado contra o Filho do Homem será perdoado. Se, porém, falar contra o Espírito Santo, não alcançará perdão nem neste século nem no século vindouro.

- Apostasia ----> Hebreus 6:4-6

Porque aqueles que foram uma vez iluminados saborearam o dom celestial, participaram dos dons do Espírito Santo, experimentaram a doçura da palavra de Deus e as maravilhas do mundo vindouro e, apesar disso, caíram na apostasia, é impossível que se renovem outra vez para a penitência, visto que, da sua parte, crucificaram de novo o Filho de Deus e publicamente o escarneceram.
comentou 1 Set, 2017 por Mauro (9,408 pontos)
Sansão somente saberemos no julgamento final, pois ele, vale a ressalva, era um Judeu, que não acredita em céu e inferno, sem contar que nem teve a oportunidade de ver Jesus, já que veio antes dele, então nem teve como ele saber que Jesus comprou seu corpo lhe "impedindo' assim de se matar. Então tanto Sansão, quanto Saul, somente Deus saberá..
comentou 1 Set, 2017 por Advogado do Diabo (877 pontos)
Foi mal cara nao vou comparecer ao Juizo Fial, vou ta com minhas particulas espalhadas e depois desfeitas qdo o universo atingir seu limite de expansão.

Traduzindo: Sou descrente e nao to com muita vtde de ir nesse Juizo aí.

Agora sobre Sansão foi um exemplo, teve outro q  foi um sacerdote mencionado no apocrifo Macabeus, visto como martir mas condenado por muitos cristãos como mero suicida.

I Macabeus, 14: 41-46

Como essa tropa foi apoderar-se da torre e forçar a entrada, uma vez que havia sido dada a ordem de atear fogo e incendiar as portas, Razias, quando ia ser preso, transpassou-se com a própria espada, preferindo morrer nobremente antes que cair nas mãos dos ímpios e padecer ultrajes indignos de seu nascimento. Na precipitação, porém, dirigiu mal o golpe e, enquanto os soldados forçavam do lado de fora contra as portas, ele correu animosamente para cima do muro e, com coragem, precipitou-se de modo a cair sobre eles; estes afastaram-se com rapidez, e Razis esmagou-se no espaço deixado vazio. Todavia, ainda respirando, cheio de ardor, ergueu-se e, embora o sangue lhe jorrasse como uma fonte de suas horríveis feridas, atravessou a multidão numa carreira; em seguida, de pé sobre uma rocha escarpada e já inteiramente exangue, arrancou com as próprias mãos as entranhas que saíam, e lançou-as sobre os inimigos. Foi assim seu fim, pedindo ao Senhor da vida e do sopro que lhos restituísse um dia.


http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_PEH.HTM

Testemunho heróico -* 37 Razias, membro do conselho de anciãos em Jerusalém, foi denunciado a Nicanor. Ele era defensor de seus concidadãos, homem de muito boa fama e, por causa da sua bondade, era chamado «pai dos judeus». 38 Já fazia algum tempo, na época da revolta, que ele também tinha sido acusado de praticar o judaísmo e se havia entregue ao judaísmo de corpo e alma, sem reservas. 39 Nicanor, querendo mostrar hostilidade contra os judeus, mandou mais de quinhentos soldados para prender esse homem. 40 Calculava que estaria dando um duro golpe nos judeus com a prisão dele. 41 Quando as tropas estavam quase tomando a torre e já forçavam a porta do pátio, foi dada a ordem de trazer fogo para incendiar as portas. Então Razias, sentindo-se cercado por todos os lados, atirou-se sobre a própria espada. 42 Cheio de brio, ele preferiu morrer do que cair nas mãos desses criminosos e ter a sua dignidade insultada da maneira mais baixa. 43 Mas, como o ferimento não foi tão certeiro por causa da precipitação da luta, e como o batalhão já entrava pelos pórticos, ele correu corajosamente até a muralha e valentemente se jogou contra o pelotão de soldados. 44 Todos recuaram rapidamente, abrindo um espaço, onde ele caiu. 45 Capaz ainda de respirar, e com o ânimo inflamado, ele se levantou, perdendo sangue aos borbotões e, por mais agudas que fossem as dores, correu pelo meio do batalhão. Depois, subindo a uma pedra íngreme, 46 já completamente sem sangue, arrancou os próprios intestinos e com as duas mãos os atirou no pelotão de soldados. Suplicou ao Senhor da vida e do espírito que os devolvesse a ele novamente. E morreu.
comentou 1 Set, 2017 por Mauro (9,408 pontos)
Você ser descrente, tudo bem, apenas tentei responder a pergunta hipotética que me fez. Acho que todos que se mataram antes de Jesus vir, talvez possam ter perdão, já que Jesus ainda não tinha morrido por eles. Mas quem se matou após Jesus vir, aí já não sei se terá perdão. Espero está errado, pois meu amigo era gente boa, fazia mal a ninguém...
comentou 1 Set, 2017 por Advogado do Diabo (877 pontos)
É isso pode ser um problema independente de religião, pra familia, conhecidos, etc.

Explicando: E eu respondi q era descrente pq vi essa parte "Sansão somente saberemos no julgamento final", e eu interpretei q tava me incluindo entre os q crê tb por causa do "saberemos".
+2 votos
respondida 31 Ago, 2017 por xiboile (1,390 pontos)
Falando de maneira fria e racional, a resposta é sim. Sua vida é uma posse sua e é seu direito natural fazer dela o que você quiser. No entanto sempre pensamos que a pessoa que quer tirar a própria vida está num momento de desilusão, fora de si ou mesmo de loucura, por isso tentamos impedi-la.
+2 votos
respondida 31 Ago, 2017 por Victor Hugo (4,035 pontos)
Oi Luana. Aquele que deseja se matar enxerga a morte como um livramento de todo o sofrimento que passa em vida, ou seja, ele na verdade não quer morrer e sim parar de sentir dor. É preciso observar também que a vida não pertence somente ao suicída mas todos que o conhecem, amam e sofrerão com sua ausência. Ele vai "aliviar" sua dor mas vai causar dor em seus famíliares, parentes, amigos, colegas.

Até mais.
+1 voto
respondida 31 Ago, 2017 por Suicida (14,391 pontos)
Nunca pensei sobre isso... Aliás, nunca fiz nada do que é direito, apenas minha vontade, se o suicídio estiver em minha mais alta vontade, para mim está tudo bem... Se algo transcendental for me destruir ou torturar por isso... É bom ele ser bem cruel, bem pior que as malditas vozes na minha cabeça. :)
comentou 31 Ago, 2017 por Amaya. (30,415 pontos)
Você é esquizofrênico?
comentou 31 Ago, 2017 por Suicida (14,391 pontos)
Que eu saiba? Acho que não, tenho dúvidas... Mas tenho transtorno de personalidades e escuto cada uma na minha cabeça.
+1 voto
respondida 31 Ago, 2017 por thepunisher7 (10,839 pontos)
Sim, é um direito seu
+1 voto
respondida 31 Ago, 2017 por kevin (34,085 pontos)
é uma escolha, mas tem que acreditar nas consequências.

se não tem certeza, melhor não arriscar mesmo.
+1 voto
respondida 31 Ago, 2017 por tarantino (33,937 pontos)
não, ninguém tem o direito de tirar a própria vida.
+1 voto
respondida 31 Ago, 2017 por Carlos Eduardo ✔ (31,606 pontos)
Na minha opinião é sim.
+1 voto
respondida 1 Set, 2017 por Dilma Xanuda (48,381 pontos)
Ninguém deve fazer isso
+1 voto
respondida 1 Set, 2017 por Advogado do Diabo (877 pontos)
Por legitima defesa e punição de bandidos, sim!
Se alguem acha q tem o direito de te agredir, vc tem o direito de fazer o mesmo! E se alguem acha q dar outra face pe garantia de q seu agressor vai mudar, aviso q não! Mas aí vai ser omo minha opinião.
+1 voto
respondida 3 Set, 2017 por Shadow (12,688 pontos)
Sim, pode vir a ser um direito, mas errado para quem assiste, para quem fica. Rsrs.

Um abraço.
+1 voto
respondida 3 Set, 2017 por Natan (14,428 pontos)
Acho errado o suicídio, até porque vai sofrer quem fica
0 votos
respondida 31 Ago, 2017 por PATIFE GAGO (13,699 pontos)
Não, não é DIREITO. Tendeu?

Perguntas relacionadas

+3 votos
6 respostas
+7 votos
9 respostas
perguntou 27 Set, 2017 em Curiosidade por Amaya. (30,415 pontos)
+5 votos
3 respostas
+5 votos
5 respostas
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!

...