A vida irá te apodrecer pouco a pouco...?

+7 votos
47 visitas
perguntou 7 Set em Arte e Humanidades por Suicida (12,511 pontos)
Quanto mais as pessoas vivem, quanto mais tempo passamos nesse mundo, ficamos presos e imersos em convicções, conceitos e preconceitos, acorrentamos nossas individualidades, criamos um "suposto" gesto de coragem ao aguentar a vida.

Mas aguentar exatamente o quê?

Para que você possa desfrutar de alguns brinquedos, milhares de pessoas nascem apenas para trabalhar, sem nenhuma função... Para que algumas pessoas possam brincar com números, enriquecendo cada vez mais, outros milhares precisam passar fome. Um não pode existir sem o outro. Viver, é aguentar o preço da ignorância dos fatos? Aceitar nossa podridão e dizer: "Tudo isso, tem algum sentido para depois". Mesmo que o preço seja pago com o sangue de inocentes, que você sequer jamais saberá os nomes?

5 Respostas

+2 votos
respondida 7 Set por OFF Permanente (12,334 pontos)
O fim do mundo acontece todo dia. Mas ao acordar você tem direito de recomeçar.
Quando você planta uma árvore não espere somente frutos bons, alguns vão ser podres e é necessário descartar, mas se cuidar bem dela, prometo que o resultado vai cobrir todos esses frutos ruins.
 A lei do retorno não falha.
comentou 7 Set por Suicida (12,511 pontos)
Sua perspectiva é interessante, parece ter bastante experiência.

Baseado nas respostas anteriores e nessa.
comentou 7 Set por OFF Permanente (12,334 pontos)
Estamos aprendendo, sei que tem muita coisa pra ensinar também.
+2 votos
respondida 7 Set por Freak. (9,897 pontos)
Continuar vivendo implica em aceitar tudo isso. Implica em ter as mãos sujas em todo o sangue... Mesmo que a maioria não o veja, mas alguém sempre vê.

A futilidade do nosso mundo é o que nos impede de ver. A fragilidade das nossas necessidades, nos mantém presos a isso, sem que ninguém precise fazer nada.

O mundo segue seu curso sem que precisem fazer qualquer intervenção, já fomos bem treinados, hoje apenas repetimos os ciclos, apenas caminhamos rumo a destruição da essência de todas as coisas boas... Não tem mais um porquê, apenas o fazer. O preciso, o quero, o ter... É tudo o que nos move.

E tudo isso com direiro a trilha sonora. O som dos gritos e dos apelos daqueles que foram sacrificados para os nossos desejos egoístas.

Quebrar esse ciclo não é a tarefa mais fácil, mas também não é impossível. Basta abrir mão de tudo isso... Basta viver a simplicidade das coisas, voltar as origens, voltar ao ser, deixar a ganância, a inveja, o ódio, o desafeto... Voltar as atenções ao seu interior, ao que te traz paz... Sorrisos verdadeiros, o canto de uma ave... O depos fica pra depois, o importante é o que pode ser feito agora. O agora nos pertence, o amanhã, não. Eles ainda não puderam manchar isso.
comentou 7 Set por Suicida (12,511 pontos)
O status quo é confortável, não nos causa impacto algum, exceto o "aceitar corajosamente", o preço da ignorância.
comentou 7 Set por Freak. (9,897 pontos)
Sim, mas ninguém "aceita". Apenas se escondem em suas vidas ocupadas demais.
comentou 7 Set por Suicida (12,511 pontos)
Essa é a máxima aceitação, estamos ocupados demais para que os problemas sejam resolvidos, alguém dará jeito nisso... Quem? Não importa, no final das contas só se torna problema meu, caso me atinja. Blindados pela convicção.
comentou 7 Set por Freak. (9,897 pontos)
Exatamente, mas a aceitação não é consciente, é quase que imperceptível. Aceitamos sem nos dar conta, e quando surge uma luz, uma sobriedade, corremos pra nos abrigar nessas coisas, como se isso nos protegesse da verdade inegável que nos cerca.
comentou 7 Set por Freak. (9,897 pontos)
Aceitamos algo, mas sem saber o que exatamente... Então não há culpa...
+2 votos
respondida 7 Set por Victor Hugo (3,698 pontos)
Oi Suicidada. O que você descreveu em seu texto não é viver e sim sobreviver. Muitas vezes nem percebemos e estamos apenas sobrevivendo ao invés de vivendo e aproveitando a vida. E então vamos sentindo uma angústia e uma sensação de vazio e concluímos que a vida não faz sentido. Ela só não fa sentido para quem sobrevive dia após dia. Para quem vive ela tem sentido.

Até mais.
comentou 7 Set por Suicida (12,511 pontos)
Se você não ignorar os fatos, tem como continuar vivendo?

Para qualquer, absolutamente qualquer desenvolvimento atual e conforto, possibilidade de vida confortável, milhares de pessoas precisam sustentar esses pilares, jamais será possível de outra forma, nenhum pão sequer, sai de graça, nenhum trigo, é colhido "por amor". A vida como conhecemos, é artificial em qualquer aspecto.
+1 voto
respondida 10 Set por Jaci da Quimbanda (20,847 pontos)
Vai melhorando
0 votos
respondida 10 Set por kevin (25,991 pontos)
a vida nos mostra o que somos na verdade, ou o estado em que estamos, quando destituídos das fantasias que nos lançam para longe da realidade.

e essa realidade pode levar o fraco a desistir, a desprezar tudo e todos, ou seja, a assumir de vez o triste destino reservado para quem prefere não ver  a porta que nos tira de tudo isso.

quem aceita , entende o que existe alem dessa porta, sabe que ela nos mostra  quem somos de fato e todo o valor que temos.

o mundo continua o mesmo, mas nós mudamos, o novo conhecimento nos ensina a enfrenta-lo, nos ensina a nega-lo, porque agora sabemos que ele é podre sim, mas os seres que vivem nele não, e devem ser resgatados.

Perguntas relacionadas

+4 votos
9 respostas
+2 votos
4 respostas
+5 votos
5 respostas
perguntou 5 Nov em Curiosidade por Djavi (31,079 pontos)
Seja bem vindo ao Gloove, o mais novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!

13,520 perguntas

94,786 respostas

39,815 comentários

462 usuários

...