+6 votos
202 visitas
em Curiosidade por Cobre (6,9K pontos)
Como reagiria?

Entre ou cadastre-se para responder esta pergunta.

8 Respostas

+4 votos
por Bronze (12,4K pontos)
Uai... Só há um conjunto de coisas a fazer...

... Contratar um advogado, registrar a denunciação caluniosa na própria delegacia onde foi acusado e ingressar com uma ação de danos morais em desfavor da mentirosa.

Apesar das fake news recentes a respeito de casos de falsa acusação de estupro, essa ocorrência é rara. Os bolsominions e os anti-feministas que falam disso repercutem uma reportagem do jornal Extra de 2012 em que uma psicóloga das varas de família do Rio de Janeiro declarou que 80% das denúncias de ABUSO INFANTIL em processos de separação judicial eram falsas... Ela se referia a mães que faziam a acusação contra seus ex-maridos, para tentar evitar que o juízo de família determinasse a guarda compartilhada dos filhos do casal.

Ou seja: não se trata de um dado estatístico apurado (é apenas a percepção da psicóloga), não é um dado nacional (é apenas das varas de família do RJ) e, sobretudo, NÃO É UMA INFORMAÇÃO SOBRE FALSA ACUSAÇÃO DE ESTUPRO, é sobre abuso infantil.

Não estou dizendo que falsas acusações de estupro não existam...
... Existem, sim...
... Mas não é uma questão urgente e alarmante. Embora essas acusações tenham, de fato, a condição de destruir a vida de uma pessoa falsamente acusada, ela é tão danosa quanto outras possíveis falsas acusações como, por exemplo, falsa acusação de tentativa de homicídio, de fraude, de agressão, de furto ou de estelionato (que são tão difíceis de comprovar quanto a falsa acusação de estupro e que podem ser feitas tanto por mulheres quanto por homens).
por Platina (91,9K pontos)
Se tornou abuso só  depois dos exames, que comprovaram que nada aconteceu, entende que a mãe da menina insistiu que algo aconteceu, e nas invenções dela, colocou palavras como se ditas pela menina.
Palavras tipo rasgar a menina, que a menina chorava e gritava quando via o acusado, que fugia dele e outras coisas mais.
Tenebrosa a coisa.

Tudo invenção, a menina tem problemas, foge e se esconde de todos.
por Platina (91,9K pontos)
Tudo porque ela chegou em casa e encontrou uma embalagem de camisinha, sem a camisinha.

E vai se saber a pressão que ela fez na menina, o que ela disse a ela, tipo dando nomes, entende.

Mas depois que ela falou em segredo com a psicóloga,  e criou toda a mentira, e foi feito o exame, ela disse  ao filho o que aconteceu , foi entao que ele disse que viu a menina pegar a camisinha no lixo, era um costume dela pegar pedaços de papéis, ou figuras para guardar.
A menina nem sabia o que tinha pego, não conhece camisinha .
por Platina (91,9K pontos)
editado por
E já que falei, vamos terminar,  eu sou a vítima inocente, passei 3 anos conversando e brincando com minha sobrinha e minha irmã, sem saber se nada, até que chegou a bomba.

Mas a males que vêm para bem, conheci o outro lado, talvez estivesse aqui hoje defendendo o radicalismo feminino,  mas eu senti na pele o que ele representa, sei o que é ser inocente e ser visto como culpado.
Não existe apoio algum, é um "se vire"geral, a suspeita foi lançada, a mulher sempre é vitima.

Foi mais um aprendizado para compor a minha extensa lista sobre o gênero humano e do que ele é capaz.

Não falo mais com minha irmã, não tenho ódio dela, eu sempre a considerarei minha irmã, como sempre fiz, fiz muita coisa para ajudá-la, e tentei também ajudar minha sobrinha, apesar de sempre notar o medo em minha irmã, falam tantas coisas por aí, né, os fracos de mente se deixam influenciar, e um irmão inofensivo pode se tornar um monstro, nas mentes fracas.

Mas um capítulo de minha família, que infelizmente não quis me conhecer de verdade, preferiu julgar mal aquilo que não entendiam.

Não recebi um pedido de desculpas de minha irmã, acredito que ainda existe dúvidas na mente dela, acabou acreditando nas próprias mentiras.

E o pior que se fosse outra pessoa, ainda me restaria a dignidade de abrir um processo por calúnia, constrangimento, sei lá, mas é minha irmã, cuida sizinha de uma deficiente, enfrentou lutas na vida, como posso fazer qualquer tipo de represália contra ela!!!

Não sou ruim assim, pena ela não saber disso.
por Bronze (12,4K pontos)
Compreendo que a situação foi dramática...
... Mas permita-me insistir: não foi falsa acusação de estupro, foi falsa acusação de abuso infantil. São situações totalmente diferentes. Uma coisa é uma mulher adulta acusar um homem adulto e dizer-se vítima dele... Outra coisa, muito distinta, é alguém (que pode ser mulher ou homem) acusar um homem de abusar sexualmente de uma criança.
por Platina (91,9K pontos)
editado por
Filha, a menina em questão tem 35 anos, minha irmã 65 anos,  eu mencionei que a "menina"é maior de idade.
Eu estou pouco ligando para termos jurídicos, o meu destaque é para o absurdo da situação, um inocente honesto, acusado por uma mulher mentirosa, e em nenhum momento duvidaram  dela, acreditaram em tudo  que ela disse, deram entrada no processo  sem ouvir a outra parte, nunca poderei achar normal isso, em qualquer situação.
A balança da justiça não pode pender para o lado das mulheres, ou injustiças irão acontecer.
Existiu a certeza que eu tinha feito o que a pessoa alegou, por parte dos que a ouviram, não se interessaram em me ouvir.
É muito estranho isso.
+2 votos
por Platina (91,9K pontos)
Não tem muito o que fazer, além de ser sincero a respeito da inocência.
A delegada vaí ter que acreditar nas palavras ditas, porque não tem como ter provas de um  estupro que não aconteceu.

Nem álibi adianta levar, porque geralmente as acusações não são precisas a respeito de horários ou dia do acontecido, e  as intimações costumam demorar e não dão detalhes como esses.

Enfim, é um problema muito sério quando a pessoa é inocente, não tem como provar nada e vai estar encrencada.

Não sei se a polícia tem meios de evitar que um inocente sofra injustiça a esse respeito.

Ou se o que vale é  o exemplo, condenar apenas, para inibir os estupros.
+2 votos
por
Procuraria reaver os meios legais de provar minha inocência.
+1 voto
por Prata (27,3K pontos)
Contrataria um mercenário para dar o troco. É claro que não é uma coisa que eu queira fazer ou uma ideia que eu ache boa. Mas certas coisas ultrapassam os limites da urbanidade.
+1 voto
por (3,8K pontos)
Complicado, a palavra da suposta vítima tem mais valor do que a do acusado. Dificilmente o acusado de livraria da pena. E mesmo se se livrasse demoraria. O acusado sofreria a represália dos demais detentos. Seria lamentável.
+1 voto
por Bronze (21,9K pontos)
CHORAVA BASTANTE

+1 voto
por Bronze (19,8K pontos)
Nem sei, ia ser desesperador
Me trancaria em casa pra não correr risco de vida, afinal...em uma acusação assim as pessoas já tratam o acusado como culpado e ponto final, basta alguém acusar e repercutir.
0 votos
por Bronze (12,5K pontos)
Eu estuprar? Algo impossível!

Perguntas relacionadas

Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
Usuários online
...