+4 votos
17 visitas
em Casa e Jardim por Bronze (16K pontos)

Entre ou cadastre-se para responder esta pergunta.

4 Respostas

+1 voto
por Cobre (6,2K pontos)
Gato de estimação...
+1 voto
por Diamante (102K pontos)
Menino, desde criança minha paixão sempre foi cachorro. Tenho uma lista grande de cães que ganhei de presente. O meu primeiro cachorro se chamava Filobaldo. Problema: apareceu um parente idoso com esse nome e quando alguém da família, chamava pelo nome, o cachorro latia e abanava o rabo. Meu pai fazia cara de paisagem, louco pra cair na gargalhada.

Depois veio o Mulato, sempre machos, o Mulato desapareceu. Na adolescência ganhei a Julie, linda, poodle miniatura, branquinha, mas morreu aos quatro meses, vítima de parvovirose.  aí me deram o Dinguelinguelingue, nesse eu me apeguei demais, ele morreu atropelado e ficou três anos comigo, era da raça pequinês, senti profundamente a morte dele, foi enterrado no quintal com direito a uma pequena cruz no local.

Mais um presente, me deram o Dog, doberman preto, valente, brabo, só eu podia dar banho e alimentar. Deram parte dele, fui tentar salvá-lo, ele avançou, deixei a carrocinha levar. A Serena passou por aqui tb, mas de Serena não tinha nada, depois de entrar em casa, a lei daqui é cachorro é criado no quintal, pois bem, ela entrou, subiu na cama de meus pais, fez sujeira e meu pai sem me avisar, doou.

Mais tarde, ganhei um casal de pinscher, o Faraó e a Filomena. E num dia de páscoa, apareceu uma filhote de Cocker Spaniel , linda, ela apareceu no portão de casa, deveria ter uns dois meses ou menos. Coloquei o nome de Pascoalina, carinhosamente chamada de Lina, menina. Daí, outra cachorrinha me seguiu da feira até em casa, não pensei duas vezes, era vira-lata, a Ernestina Cristina. Daí eram quatro cães para cuidar, a Lina, a Filó, a Ernestina, apelido, Tina e o Faraó dos Reis. Na hora da vacinação era uma piada só, tinham que colocar o nome completo deles pq eu exigia.

O Faraó só conseguia pegar a Filó, quando as outras entravam no cio, ele pulava alto, mas não conseguia alcançar o foco para a frustração das outras duas. Cachorro de raça tem vida curta, assim, sete anos depois, morriam Filó, Faraó e Lina. Ernestina tb foi logo em seguida, apesar de ser vira-lata, resistente a doença, teve uma morte dolorosa e não adiantou trazer veterinário em casa.

Depois desses, dei um longo tempo, a morte dos animais não foi tão traumatizante quanto a morte do Dinguelinguelingue, esse só faltava falar.

Há uns três ano ganhei duas vira-latas, depois de tantas mortes, perdi aquele apego. Depois dessas, não quero mais criar até pq meu plano pra futuro é morar em apartamento.
0 votos
por Ouro (66,6K pontos)
Cachorro sem dúvida...nunca fiquei sem um desde que me conheço por gente...amo demais...
0 votos
por Bronze (10,3K pontos)
cachorros, são mais carinhosos

Perguntas relacionadas

+10 votos
14 respostas
+1 voto
4 respostas
perguntado 28 Mar, 2019 em Curiosidade por Frozen (3,7K pontos)
+6 votos
5 respostas
0 votos
1 resposta
perguntado 12 Jan, 2019 em Entretenimento por Adriana (1,3K pontos)
Seja bem vindo ao Gloove, seu novo site de perguntas e respostas. Crie uma conta gratuita e participe!
...